Blog

17/07/2020

Experiência profissional, como usar a seu favor?

Casos assim acontecem e profissionais com experiências excelentes não são chamados para entrevistas ou contratados e ambos os lados “pecam” nessa situação… Como? Algumas empresas não priorizam a área de seleção e contratam profissionais sem a experiência e qualificações necessárias. Em outros casos os candidatos enviam currículos com informações confusas, sem foco ou com pouco detalhamento.

 

Como lidar com casos assim? 

 

Use sua experiência a seu favor

Ao trabalhar o currículo, destaque seu objetivo, deixando bem claro a área de atuação (como Gestão Comercial, Inteligência de Mercado, Marketing etc). Ainda no currículo, faça uma lista curta e objetiva de suas principais conquistas ao longo da sua carreira… Usar número e dados estatísticos também contribui para uma boa visibilidade profissional. A utilização de palavras chaves ao longo do currículo ajuda na seleção, mas o documento não deve ter mais de 3 páginas.

 

Mostre que você pode agregar

Mostre-se interessado e demonstre que a sua carreira pode agregar as novas experiências que você vai ter… Lembre-se de usar exemplos do seucurrículo, demonstrando competências com propriedade! É bom de comunicação e gerenciou uma equipe? Descreva isso e esteja pronto para mostrar que sua experiência faz de você um forte candidato.

 

Negociação também conta

Salários, benefícios e outros bônus devem ser avaliados, além de negociados entre as partes para que seja um bom negócio para os dois lados.

 

E aí, mais alguma dica que você daria? Deixe aqui nos comentários!

Vagas Gerenciais em Blumenau e Região

Matérias Relacionadas
28/10/2017

Confira as características mais procuradas na hora de avaliar um profissional para o mercado de trabalho!

Pesquisa publicada pelo CareerBuilder mostra as características comportamentais mais buscadas na hora da avaliação de candidatos a oportunidades profissionais.

11/11/2017

São Paulo - Profissionais dotados de inteligência emocional estão à frente de seus colegas - inclusive daqueles com o raciocínio mais afiado.

Segundo uma pesquisa da consultoria TalentSmart, o QE (Quociente Emocional) pode ser mais decisivo para o sucesso na carreira do que o famoso QI (Quociente de Inteligência).

 

 

17/11/2017

A concorrência no mercado de trabalho para se tornar um profissional de destaque é grande. Mas, afinal, o que fazer para se tornar reconhecido? Além de buscar atualizações, fazer especializações, mestrados e doutorados, é preciso dar atenção a algumas posturas, como, por exemplo, ser positivo e ter iniciativa.